Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SALTO, Homem, de 56 a 65 anos



Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog do Profº Erasmo
 


CONJUNTURA INTERNACIONAL - OUTUBRO DE 2018

         A América Latina avança para a direita. Vitórias de presidentes conservadores e de extrema direita na região é uma realidade. Deixando o México fora, porque é um país onde a esquerda não tem tradição, verificamos a ofensiva contra as forças democráticas e populares, na América Central e América do Sul.

        A vitória do capitão para presidente da república, no Brasil, no  último domingo, é um bom exemplo da conjuntura no momento. Não é novidade, que governo de direita em países subdesenvolvidos e até mesmo nos emergentes, significa marcha ré, considerando projetos de inclusão social e de distribuição de renda.

       Argentina, Paraguai, Chile, entre outros, são exemplos deste retrocesso. Surpreendente mesmo, é,  a mobilização de boa parte da população do andar de baixo, contra governos da esquerda, como ocorre no Brasil.  Venezuela e Nicarágua enfrentam gravissima crise política.

       Os Estados Unidos e seu presidente Donald Trump acompanham com interesse o avanço da direita na região.  Trump está adorando a vitória do capitão aqui no Brasil.

         Trump é diferente de Bush. O último sabia que o governo de Lula exercia forte influência na América Latina e controlava a radicalização dos bolivarianos.

         O presidente Norte-Americano ataca e recua. Está sempre ameaçando mas não concretiza sua vontade. A continuação da Guerra da Síria e de ações terroristas no Oriente Médio e em países do Ocidente, são exemplos que a política de confronto de Trump com focos de resistência aos interesses da superpotência é mais discurso do que prática.

        O enfraquecimento da política sul-sul, favorece o avanço da hegemonia dos países centrais, com ênfase para retrocesso na política de combate ao efeito estufa, com consequências graves no aquecimento global.

 

 



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 15h26
[] [envie esta mensagem
] []





CONJUNTURA NACIONAL - OUTUBRO DE 2018

         As forças políticas conservadoras, entraram totalmente no barco do capitão na eleição presidencial de 2018. Estranho mesmo é a entrada no barco, antes da eleição, de parcela considerável de pessoas da classe C e D no time vitorioso.

        O capitão não é mito e nem fenômeno. Apenas um deputado do baixo clero, que explorou muito bem erros da esquerda e do centro. O PT, apesar de derrotado, continua forte no contexto nacional.

       O partido está desde abril de 2016 fora do governo, mas teve dificuldades para  convencer boa parte da sociedade brasileira, que nada tem com o governo Temer. 

       O presidente golpista e oportunista foi um vice que contribuiu para aprofundar a crise. Traiu Dilma e o plano de governo que foi respaldado pela maioria da  população brasileira em 2014. Seu desastroso governo, ajudou afundar a maioria dos partidos da sua base na eleição.

       O PT foi o partido que mais uma vez elegeu a maior bancada federal de deputados. Foi também o partido que elegeu mais governadores: quatro. Haddad foi mais votado no segundo turno em 11 estados. Foi vitorioso em mais de 50% dos municípios brasileiros.

       O PT foi bombardeado pela mídia e pelo judiciário. Mas continua vivo... Aliás muito vivo. Enquanto partidos que lideraram o golpe... Como o MDB e PSDB viraram siglas médias.

       No Maranhão, finalmente, o PT ficou livre dos Sarney. O Nordeste é vermelho, assim como o Pará e Tocantins. O problema do PT é o Centro-Sul. Foi nesta região que Haddad foi derrotado.

       O novo presidente, inicialmente terá ampla base de apoio tanto na Câmara como no Senado. O discurso dele, que daria espaçp para técnicos e não para representantes de partidos, não é nada sério. Se quiser governar precisa dividir poder, principalmente com parlamentares e partidos.

       Se o presidente ameaçar fazer mudanças constitucional, para ganhar mais poder, no sentido de consolidar seu projeto autoritário, terá dificuldades tanto no Congresso como nas ruas. Organismos internacionais não acreditam no capitão. A imprensa estrangeira faz chacota...



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h52
[] [envie esta mensagem
] []





CONJUNTURA ESTADUAL OUTUBRO DE 2018

        O PT no estado de São Paulo sofreu a maior derrota desde 1990. Na eleição para governador em 2018, Luís Marinho ficou em quarto lugar. Mesma posição de Plinio de Arruda Sampaio em 1990, Suplicy em 1986 e Lula em 1982.

       Em 1994, Zé Dirceu foi candidato a governador, ficando em terceiro lugar, assim como Marta em 1998. Em 2002, pela primeira vez o candidato do PT ficou em segundo lugar: José Genoino foi derrotado por Alckmin no segundo turno. Com Mercadante candidato a governador, o PT chegou em segundo em 2006 e 2010. 

       Na eleição de 2014, Padilha ficou em terceiro lugar. Naquela eleição, o partido elegeu 14 deputados estaduais e 10 federais. Agora caiu para 10 estaduais e apenas 8 federais. Pior resultado desde 1986. O PT já  chegou a eleger 23 deputados  estaduais e 18 federais.

       Desde 1994 que o PSDB elege governador no estado de São Paulo. Neste período aumentou a criminalidade, piorou a qualidade do ensino na rede pública e o atendimento na saúde. O estado de São Paulo que contribuia com 39% do PIB nacional na década de 90, agora despencou para 33%. 

       São Paulo cobra taxas de pedágios com valores estratosféricos. Muitas empresas migraram para outros estados, tendo em vista que o custo de funcionamento em São Paulo é elevado.

       Com a vitória de Doria no último domingo, não obeservamos mudanças para melhor na gestão pública do estado. Pelo contrário, esperamos uma política de desvalorização dos servidores públicos e entrada do setor privado na administração em alguns setores.

      A onda  conservadora no estado de São Paulo continua cada vez mais forte, principalmente no interior. O PT, para voltar a crescer, precisa investir no interior, nos polos regionais e também nas pequenas e médias cidades. Precisa apresentar propostas para melhorar esta região do estado. 



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h50
[] [envie esta mensagem
] []





SALTO - CONJUNTURA MUNICIPAL OUTUBRO 2018

    Chegamos ao final do processo eleitoral de 2018. O resultado das urnas na cidade foi um pouco diferente da eleição municipal de 2016, considerando resultados dos candidatos apoiados pelos três grupos que disputaram a última eleição.

   Nos últimos dois anos verificamos enfraquecimento  de GG e consequentemente do seu grupo, , dispersão de partidos e lideranças do grupo de Juvenil e fortalecimento de  Laerte, que procura formar um grupo.

   O PT de Salto, pra voltar a crescer, tem que forlalecer internamente, aproximando dos trabalhadores e de respectivas organizações sociais, dialogar com mais segmentos da sociedade e com partidos políticos do campo democrático e popular. 

   A votação de Haddad em Salto foi o pior resultado do PT na hstória. Proporcionalmente, os candidatos a presidente e governadores do PT, sempre tiveram mais votos em Salto, do que em Indaiatuba e Itu, por exemplo.

   Em todas as eleições realizadas após o fim da Ditadura Militar, o PT de Salto sempre teve resultados acima da média do partido no estado de São Paulo. Desta vez ficamos abaixo da média. Apesar de Lula ter perdido aqui para Collor em 1989 e para FHC em 1994 e 1998, o mesmo Lula derrotou Serra em 2002 e Alckmin em 2006. 

   Dilma venceu Serra em 2010 com grande diferença. Em 2014, Aécio teve 65% dos votos em Salto, no segundo turno. Agora o capitão chegou a 75% dos votos no último domingo. Em Indaiatuba Bolsonaro teve 76% e 77% em Itu. Não resta dúvida que a onda conservadora cresceu em Salto.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h44
[] [envie esta mensagem
] []





MORRE OTÁVIO FRIAS FILHO

     Faleceu hoje o Jornalista Otávio Frias Filho, aos 61 anos, vítima de um câncer. Seu falecimento foi o assunto mais comentado hoje, não só no estado de São Paulo , mas em todo o território nacional e no mundo. 

    Cheguei em São Paulo pra trabalhar, morar e me envolver na vida social, cultural, econômica e política, em junho de 1975. Em plena ditadura militar. O General Ernesto Geisel era o Presidente da República. O Governador do estado era Paulo Egídio Martins e o Prefeito da Capital era Olavo Setúbal. O Presidente e o Governador foram eleitos indiretamente. O Governador nomeou o prefeito.

     Sempre gostei da leitura de jornais, revistas e livros da área ciências humanas, principalmente no ramo da geografia e geopolítica. Tenho vários livros do do saudoso geógrafo Milton Santos. Li muitos jornais como Gazeta Esportiva, antigos Popular da Tarde e Diário Popular e revistas como Placar e outras, no final da década de 70 e início da década de 80.

     Li deversas edições do Almanaque Abril do grupo Civita. Do grupo Organizações Globo dos Marinhos, apenas a Revista Época. O Estadão dos Mesquitas não li nada. O Jornal Folha de São Paulo, do Frias, fui assinante desde 1987 e leitor desde 1983, quando iniciava o Movimento Diretas Já. Foi na mesma época, que Otávio Frias Filho, falecido hoje, tomava posse no Comando do Grupo Folha.

     No início do Século XXI, rompi totalmente com meios de comunicação dos Civitas. Distanciei das Organizações Globo, inclusive do JN. Sempre considerei os editoriais do Jornal Folha de São Paulo conservadores e com conteúdo ideológico de centro-dreita.

     Otávio Frias Filho comandou o Grupo Folha e principalmente o Jornal Folha de São Paulo durante mais de três décadas. Hoje assino apenas as edições de final de semana da Folhona e o UOL, mas vencendo a assinatira, não haverá renovação.

    A Folha de São Paulo pegou carona no Movimento Diretas Já e sempre fez média com a esquerda, dando espaço para alguns colunistas que reconhecem a importância dos movimentos sociais. Mas o jornal conspirou contra a Era PT na Presidência da República. Após perceber, que exagerou nos ataques contra Lula e Dilma, tentou recuar, mas o mau jornalismo e a parcialidade dos Frias, já entrou para a história.

   Otávio Frias Filho morre aos 61 anos, deixando o comando do Grupo Folha. De uma coisa temos certeza: o Grupo continuará  com editoriais conservadores e parciais, privilegiando os setores da direita no contexto político e econômico.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 15h45
[] [envie esta mensagem
] []





CRISE NA VENEZUELA

          Uma vergonha para o Brasil, o conflito que está ocorrendo na fronteira do Brasil com a Venezuela, no município de Pacaraima em Roraima. Alí virou praça de guerra, com grupos de brasileiros expulsando venezuelanos.

          Reconheço que o estado de Roraima não tem estrutura necessária, para receber o grande número de refugiados que chegam no estado diariariamente. É um problema do Brasil e não de Roraima apenas.

           Falta vontade política do governo federal, para negociar com outros estados,  acolhimento para os venezuelanos. Falta também vontade política do governo Maduro, mandatário do país vizinho em crise, para reestabelecer a normalidade interna lá.

         É uma vergonha para nós brasileiros as imagens mostradas pela televisão e vídeos nas redes sociais, os ataques de brasileiros aos irmãos venezuelanos. 



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 10h39
[] [envie esta mensagem
] []





LULA - O FENÔMENO

     O ex presidente Lula é considerado pela maioria da população brasileira, como o melhor presidente da república, da recente história do Brasil, considerando o período pós Segunda Guerra Mundial.

    Lula está preso na Polícia Federal em Curitiba, desde o último dia 7 de abril. Acusado, principalmente, de corrupção, envolvendo um um apartamento em Triplex no Guarujá, cidade do Litoral Paulista.

    A vida de Lula e de sua família, assim como de algumas lideranças do PT, foi vasculhada a partir de 2014. O ex presidente perdeu sua esposa, D Marisa, viu sua casa e o Insituto Lula ser invadidos pela Polícia Federal.

    Tudo isso resultado de denúncias através de delações premiadas, de empresários, que supostamente tinham muita liberdade junto ao ex presidente e à sua própria família e dirigentes do PT.

    Mesmo no meio deste bombardeio, Lula continua sendo a maior liderança política do Brasil. Se for candidato a presidente, com certeza, será eleito no primeiro turno. O homem é um fenômeno.  



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 10h29
[] [envie esta mensagem
] []





CUIDADO FELIPÃO

         O Palmeiras nos últimos anos vem dando prioridade para a Copa Libertadores da América, embora  tenha sido campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Brasileirão em 2016, não tem se dado bem no principal torneio Sul-Americano.

         No ano passado não foi diferente. Durante o ano o Palmeiras teve três técnicos e não ganhou nada. Era a mesma ladainha... O que interessva era a Libertadores. Perdemos mais um paulista. Não custa lembrar, que de 1976 pra cá o Verdão só ganhou título Paulista com Luxemburgo de técnico.

         No novo milênio ganhamos apenas um campeonato paulista e um brasileirão. Mesmo vencendo duas copas do Brasil, é pouco para quem pretende ser campeão da Libertadores e do Mundial. Perdemos em casa mais um Campeonato Paulista em 2018, mesmo com  a melhor campanha. 

         Felipão chega no Verdão agora, deixando claro que vai priorizar a Libertadores e consequentemente deixará em segundo plano a Copa do Brasil e o brasileirão. Cuidado Felipão! O Palmeiras fez até aqui a melhor campanha na Libertadores, mas nós sabemos que o time não joga bem em casa.

        Qualquer tropeço nos mata-mata, o time dá adeus à Libertadoras. Aí já será tarde, porque jogando importantes partidas do brasileirão com time reserva ou mixto, a diferença na classificação com os times do andar de cima da tabela vai aumentando, assim como aconteceu em 2017. 

         Hoje jogamos em casa com o Vasco, com poucos jogadores titular. O Vasco vem de derrotas para clubes de São Paulo e vai aproveitar que o Palmeiras não jogará com força máxima, além da tradição recente do Verdão, de não jogar bem em casa, para a equipe carioca triunfar em São Paulo. Cuidado Felipão.

 



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h01
[] [envie esta mensagem
] []





LIBERTADORES 2018 - OITAVAS DE FINAL

     Nesta semana inicia as oitavas de final da Copa Libertadores da América 2018, com participação de 16 clubes, sendo 6 do Brasil. O Grêmio e o Santos estão na chave do lado esquerdo, enquanto o Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo estão na chave do lado direito. Só terá enfrentamento entre equipes dos dois lados, na final.

     Todas as equipes jogam a primeira partida do mata-mata nesta semana, com exceção de Santos e Independiente, cujo duelo será apenas no dia 21 próximo. Todos os jogos de volta, serão realizados na última semana de agosto.

     Os outros jogos de clubes brasileiros são: Estudiantes x Grêmio, Colo-Colo x Corinthians, Cerro Porteño x Palmeiras e Flamengo x Cruzeiro. Outros jogos são: Racing x River Plate, Tucumán x Atlético Nacional e Boca x Libertad. 

    Nas oitavas, além dos seis clubes brasileiros, temos seis argentinos, dois do Paraguai, um colombiano e um chileno, No mínimo um brasileiro será eliminado nas oitavas, Flamengo ou Cruzeiro no confronto direto e outro argentino, entre Racing ou River Plate.

    Interessante que não  tem nenhum clube do Uruguai nas oitavas, assim como da Bolívia, Peru, Equador e Venezuela. É fundamental ressaltar que clubes uruguaios como o Penãrol e Nacional, são tradicionais na disputa do maior torneio Sul-Americano.

    Os clubes brasileiros contam com elencos mais caros e com bons jogadores de países da América do Sul em seus respectivos elencos. Mas precisam mostrar superioridade técnica e principalmente tática e raça no confronto com as equipes vizinhas.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 12h51
[] [envie esta mensagem
] []





SÉRIE B - PRIMEIRO TURNO

           No último final de semana, ocorreu a 19ª rodada do Campeonato Brasleiro da Série B. O torneio, assim como a série A, é disputado por vinte clubes em dois turnos, de pontos corridos, totalizando 38 rodadas.

           Os quatro melhores classificados irão para a série A em 2019 e os quatro da degola, vão para a série C no próximo ano. No primeiro turno, os quatro clubes com mais pontos foram o Fortaleza com 37, o CSA com 34, o Vila Nova-GO com 30 e o Atlético-GO com 30. Na degola estão o Londrina com 21, o CRB também com 21, o Sampaio Correa com 16 e o BOA 14 pontos.

           Entre os quatro com melhor campanha estão dois times do Nordeste e dois do Centro-Oeste, enquanto na degola aparecem um do Sul, dois do Nordeste e um do Sudeste.    

           Os quatro clubes do estado de São Paulo não estão entre os quatro do andar de cima, mas também não oupam espaço no andar de baixo. O melhor colocado, até aqui, é o Guarani de Campinas, com 29 pontos. na 5ª posição.

          A Ponte Preta está em 10º lugar com 26 pontos, enquanto o São Bento de Sorocaba conta com 24 pontos, estando em 12º lugar. O Oeste, está em 15º na classificação geral, com 23 pontos.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 12h43
[] [envie esta mensagem
] []





WELLINGTON DIAS RUMO AO QUARTO MANDATO

          O Governador do Piauí, Wellington Dias (PT), vai disputar seu quarto mandato nas eleições de  7 de outubro próximo. WD como é bem conhecido pelos piauienses, tem uma trajetória política vitoriosa.

          É de origem de família humilde, de Oeiras-PI. Se deslocou para Teresina, ainda jovem, para concluir os estudos. Foi bancário e sindicalista, filiando no PT na década de 80.

          Iniciou a participação na política, sendo eleito Vereador de Teresina. Em seguida foi eleito Deputado Estadual e Deputado Federal. Em 2002 foi eleito governado do Piauí pela primeira vez, no primeiro turno.

          Foi reeleito governador em 2006 também no primeiro turno e elegeu seu então vice Wilson Martins (PSB), governador em 2010. Foi eleito Senador do Piauí em 2010, com a maior votação. Sempre pelo PT.

          Em 2014 foi eleito novamente governador no primeiro turno. Agora é candidato à reeleição e segundo importantes institutos de  pesquisas, será eleito mais uma vez no primeiro turno.

          Mesmo com o golpe que derrubou Dilma da Presidência da República e jogou o Brasil na maior crise política e econômica dos últimos anos, com os estados em crise, Wellington Dias conseguiu governar, pagando o funcionalismo, por exemplo, em dia, ao contrário de alguns outros estados, que atrasaram ou parcelaram a folha de  pagamento.

          Wellington Dias formou chapa majoritária, com a Senadora Regina Souza de vice e as duas vagas ao Senado para o PP (Ciro Nogueira) e o PMDB (Marcelo Castro). Todos os partidos aliados terão chapa única para Deputado Federal e Estadual.

 



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h56
[] [envie esta mensagem
] []





FALECEU A CURIMATAENSE JOANA FERREIRA

      Faleceu ontem cedo, minha eterna colega do antigo curso primário e ginasial, Joana Ferreira, natural de Curimatá-PI. Joaninha, como era mais conhecida, faleceu aos 63 anos de idade, deixando o esposo Ismaildo e os filhos Nanjara e Júnior, assim como neto.

      Joaninha lutou bravamente contra um câncer, resistindo com muito empenho e dedicação em todas as etapas possíveis do tratamento. Agora em julho estive em Curimatá e fui informado por familiares que Joaninha continuava em Teresina, cuidando da doença.

      Todos os familiares, parentes e amigos sabiam que a situação da saúde dela era grave, mas acreditávamos em sua recuperação, devido à sua coragem,   e persitência na luta contra o câncer.

      Encontrei Joaninha a última vez em janeiro de 2016, em Curimatá, quando ela fez um evento na sua casa, para os colegas de conclusão ginasial de 1974, que naquele momento estavam na cidade. Infelizmente, tive outro compromisso e não estive presente naquela confraternização.

      Agora em julho, novamente estive em Curimatá e conversando com alguns colegas daquela histórica  formatura, combinamos em fazer uma confraternização em minha casa no Angical, em Curimatá, com parceria com minha irmã e Comadre Maura, também colega de formatura. Sabíamos que a presença de Joaninha não era certeza, mas espiritualmente ela estará presente.

      Joaninha era filha de João Ferreira e Nanja Ferreira, ambos já falecidos. Uma família muita próxima da minha, tendo em vista que além de vizinhos, meu irmão Miranda era afilhado  dos pais de Joaninha. 

       Logo após terminar o curso ginasial em Curimatá, Joaninha trabalhou como professora no povoado Veredão, então município de Curimatá, hoje Júlio Borges. Posteriormente ela retornou a Curimatá, casando com  Ismaildo e assumindo cargo no Cartório Eleitoral. Paz para Joaninha na eternidade e minhas sinceras condolências aos familiares.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 22h35
[] [envie esta mensagem
] []





FALECEU TIA EUNICE

       Faleceu ontem às 5:20 horas, Tia Eunice, aos 88 anos de idade. Era viúva de Odonel Brito. Foi mãe de nove filhos: Bertino, Demar, Donza, Dilzo, Gilzo, Fifia, Brizola (falecido), Nice e Adonete.

      Tia Eunice passou por cirurgia cardíaca em 2014 e na semana passada seu sistema de saúde piorou. Foi internada , mas não resistiu as complicações da saúde.

     Dos oito filhos de Medrado e de Leodumira, apenas Tia Ju ainda está viva. Faleceram Delmira, Albino, Laudilino, Tonheira, Jacó, Dioclecino e agora Eunice.   

      Em janeiro de 2010, os filhos de Tia Eunice fizeram uma grande festa, para comeororar seus 80 anos de vida, com comparecimento de um grande número de pessoas. 

      Todos os filhos estavam presentes no histórico evento. Assim como os netos, parentes e amigos. Brizola faleceu em janeiro de 2016. Desejo muita paz para Tia Eunice na eternidade. Minhas condolências aos familiares.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h49
[] [envie esta mensagem
] []





COPA DA RÚSSIA - 17 SELEÇÕES ELIMINADAS

   Na última quinta feira (28), terminou a fase de grupos da Copa 2018, sendo eliminadas metade das seleções, ou seja, 16. Das seleções eliminadas, 5 são da África, 4 da Europa, 3 da Ásia, 2 da América Central,1 da América do Sul e 1 da Oceania.

   A África participou da Copa com 5 seleções (todas eliminadas). Da Europa eram 14 times (4 eliminados), da America do Sul 5 equipes (1 eliminada), da Ásia eram 4 países (3 desclassificados), da América do Norte e Central eram 3 seleções (duas eliminadas) e 1 da Oceania (desclassificada).

   Proporcionalmente falando, a região com melhor desempenho foi a América do Sul, que classificou 80% dos participantes e a África a pior, assim como Oceania com 0% de classificados.

   A América do Sul já começou as oitavas perdendo a Argentina, que após virar com 2 a 1 sobre a França hoje, deixa o time adversário marcar 3 gols em poucos minutos. Incrível... No final A Argentina mostrou reação, marcando um gol, mas não dava mais tempo virar. A França fechou bem atrás e  e pontaria dos atacantes argentinos falhou..



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 14h02
[] [envie esta mensagem
] []





FLAVIANE E D TEREZINHA

               Curimatá está de luto, com o falecimento hoje da jovem Flaviane e de D Terezinha, pessoas que as famílias sempre estiveram próximas da minha. Flaviane é filha de Américo, funcionário do Hospital de Curimatá e D Terezinha é esposa de Sinhô.

               Américo é filho do finado Zizi e da finada Preta. Há poucos anos atrás, Américo perdeu o irmão Aécio. Recentemente perdeu a mãe e Anísio seu irmão. Agora perde uma filha.

               Não é fácil. Perder familiares uma filha tão jovem é uma situação de extrema tristeza. Uma pessoa com grande futuro pela frente. Força para Américo e meus sinceros sentimentos aos familiares. Paz na eternidade para Flaviane.

               Zizi, pai de Américo, era compadre de meus pais, sendo padrinho de meu irmão Bigá (falecido). Trata-se de família que temos grande consideração e profundo respeito. 

               D Terezinha é mãe de muitos filhos e filhas e uma paessoa que temos décadas de convivência, principalmente com os filhos dela mais velhos: Gabriel, Dedé (falecido), Socorro, Josefa e Luís Carlos. esposa do meu tio Sinhô.

               Perder a mãe é um momento triste, que jamais esqueceremos. Desejo paz na eternidade para D Terezinha  e minhas condolências para o Tio Sinhô e todos os familiares.



Escrito por Profº Erasmo Rocha às 13h59
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]